Jeff Bezos volta a ser o homem mais rico do mundo

Jeff Bezos é de novo o homem mais rico do mundo
Jeff Bezos é de novo o homem mais rico do mundo Direitos de autor John Locher/Copyright 2019 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A fortuna de Bezos é de 200 mil milhões de dólares, superando a de Elon Musk (198 mil milhões de dólares). Três anos depois, o fundador da Amazon volta a estar no topo da tabela dos mais ricos do planeta.

PUBLICIDADE

O norte-americano Jeff Bezos volta a ser o homem mais rico do mundo, à frente do sul-africano Elon Musk, que também tem nacionalidade canadiana e americana.

De acordo com o ranking de multimilionários da Bloomberg, a fortuna do fundador da Amazon ascende a 200 mil milhões de dólares, sendo superior à de Musk, avaliada em 198 mil milhões de dólares. O francês Bernard Arnault continua em terceiro lugar (197 mil milhões de dólares).

Com as ações da Tesla, de Musk, em queda na segunda-feira, a Amazon tem apresentado o seu melhor registo de vendas online desde a pandemia. No ano passado, a multinacional norte-americana teve receitas de 574,8 mil milhões de dólares.

Bezos, de 60 anos, teve de esperar três anos para recuperar o trono de homem mais rico do mundo e conseguiu fazê-lo graças a uma  recuperação sustentada das ações das grandes empresas tecnológicas resultante da expansão da inteligência artificial.

As ações da Amazon subiram 17% este ano até à data e quase 90% mais do que há um ano. Tendo em conta que Bezos detém cerca de 9% da Amazon, a maior retalhista online do mundo, o seu património líquido aumenta quando as suas ações sobem. O multimilionário é igualmente proprietário da empresa de exploração espacial Blue Origin.

Jeff Bezos ultrapassou pela primeira vez o cofundador da Microsoft, Bill Gates, como a pessoa mais rica do mundo, em 2017. 

Em 2021, Bezos foi ultrapassado por Musk em resultado de um aumento nas ações da Tesla.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Jeff Bezos "parte" da Amazon para o espaço

Fundador da Amazon doa 2 mil milhões para construir infantários

Bill Gates já não é o mais rico do mundo