Suspeitos de planearem ataque terrorista ao parlamento sueco foram detidos na Alemanha

Detenção na Alemanha
Detenção na Alemanha Direitos de autor Paul Zinken/DPA via AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Polícia alemã deteve dois suspeitos de estarem a planear ataque em Estocolmo desde o verão de 2023.

PUBLICIDADE

Dois homens de origem afegã foram detidos na terça-feira pela polícia alemã, perto da cidade de Gera, na região alemã da Turíngia, por suspeita de estarem a planear um ataque terrorista ao parlamento da Suécia.

Segundo a justiça alemã, os dois detidos, identificados como Ibrahim M.G. e Ramin N., são alegadamente militantes do Estado Islâmico e planeavam atacar o parlamento sueco em retaliação por terem sido queimadas cópias do Alcorão em frente a mesquitas na Suécia.

Um dos suspeitos, Ibrahim M.G, fará parte do braço do Estado Islâmico da Província de Khorasan, que tem origens no Afeganistão e na parte leste do Irão, e foi-lhe confiada no verão de 2023 a tarefa de levar a cabo um ataque em resposta às manifestações onde se queimaram exemplares do Alcorão na Suécia. 

O homem planeou então um ataque ao parlamento em Estocolmo juntamente com o segundo suspeito detido, com o objetivo de matar "agentes da polícia e outras pessoas".

Segundo as autoridades, os dois terão já executado "preparativos concretos" e fizeram pesquisa sobre as condições do local onde realizariam o atentado, mas não conseguiram obter armamento.

Ambos os suspeitos serão presentes a um juiz na cidade alemã de Karlsruhe.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estado Islâmico reivindica ataque bombista mortífero no Irão

Responsáveis dos atentados de Bruxelas condenados a pesadas penas

Erdogan anuncia morte de líder do Estado Islâmico