Apoiantes de Navalny prestam homeagem ao antigo líder de oposição, 40 dias após a sua morte

Alexei Navalny morreu há 40 dias
Alexei Navalny morreu há 40 dias Direitos de autor Vitaly Smolnikov/Copyright 2024 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Entre as pessoas que marcaram presença na cerimónia de homenagem a Alexei Navalny estava o vencedor do Prémio Nobel da Paz Dmitry Muratov. Os líderes da UE culparam “a Rússia de Putin” pela morte do antigo principal opositor russo.

PUBLICIDADE

40 dias após a morte de Alexei Navalny, numa prisão no norte da Rússia, um grupo de pessoas reuniu-se junto à campa do antigo líder da oposição para honrar a sua memória. Do grupo faziam parte os pais de Navalny e Dmitry Muratov, vencedor do Prémio Nobel da Paz em 2021.

Vários apoiantes do principar opositor de Vladimir Putin deitaram flores na sua campa e disseram, citados pelas agências internacionais, que esperam que a sua morte traga mudanças à Rússia.

"Parece-me que isto [morte de Navlny] vai trazer mudanças à Rússia e eu quero ver isso, quando todos vivermos sem medo e rezarmos a ele como um mártir”, disse um jovem russo que participiou na cerimónia.

Outra mulher, que esteve presente na cerimónia, confessou que encarava Navalny como “um homem forte, honesto e justo” e que o respeito que tem por ele “não tem limites”.

Navalny morreu numa prisão do Círculo Polar Ártico em fevereiro deste ano, depois de alegadamente se ter sentido mal após um passeio. O político estava preso desde que decidiu regressar à Rússia em 2021, vindo da Alemanha, onde estava a recuperar de um envenenamento.

União Europeia culpa “a Rússia de Putin”

A União Europeia, que há muito saúda a luta de Navalny por uma Rússia mais democrática, já tinha tentado exercer pressão sobre o Kremlin pela sua repressão sistémica aos críticos do governo.

Os líderes da União Europeia culparam “a Rússia de Putin” pela morte do antigo opositor russo e concordaram, após a vitória de Vladimir Putin das eleições presidenciais, em impor sanções a pessoas e organizações, que alegadamente terão atuado em prol da morte de Navalny.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

UE vai impor sanções aos responsáveis "pelo homicídio" de Alexei Navalny

Lituânia culpa Rússia pelo ataque ao aliado de Navalny em Vilnius

Aliado de Navalny atacado com um martelo na Lituânia