EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

"Breves de Bruxelas": acordo comercial pós-Brexit e guerra comercial com EUA

"Breves de Bruxelas": acordo comercial pós-Brexit e guerra comercial com EUA
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

Como o Reino Unido rejeita manter-se no mercado único e na união aduaneira depois do Brexit, a União Europeia apenas pode propor um acordo de livre comércio para a futura relação entre as duas partes, anunciou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, quarta-feira, durante uma visita ao Luxemburgo.

Sobre as linhas de orientação para esse acordo, Donald Tusk explicou que “este será o primeiro acordo de livre comércio da História que enfraquecerá os laços económicos em vez de os fortalecer. Este acordo não tornará o comércio entre o Reino Unido e a União Europeia mais fácil e suave, mas sim mais complicado e caro do que é hoje, para todos nós”.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária destacamos, ainda, a guerra comercial que os EUA ameaçam levar a cabo com o aumento de tarifas sobre o aço e o alumínio. A Comissão Europeia poderá retaliar com o aumento de tarifas sobre vários produtos norte-americanos, que ficariam mais caros para os consumidores europeus.

“Não podemos conceber como é que a União Europeia, que é amiga e aliada na NATO, pode ser considerada uma ameaça à segurança dos Estados Unidos. Achamos que esse argumento é profundamente injusto”, disse Cecilia Malmström, responsável pela pasta do Comércio, em conferência de imprensa, em Bruxelas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Paris presta homenagem aos atletas ucranianos mortos na guerra

Erdoğan anuncia o fim iminente da operação militar contra o PKK no norte do Iraque e da Síria

Ucrânia: bombardeamento em Kherson faz pelo menos dois mortos