Canadá nega autorização de viagem a Carles Puigdemont

Canadá nega autorização de viagem a Carles Puigdemont
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

O Canadá negou a autorização eletrónica de viagem a Carles Puigdemont, devido às acusações do ex-presidente da governo regional catalão na Justiça espanhola.

A residir na Bélgica, depois de dois anos de exílio na sequência da realização do referendo sobre a independência da Catalunha, Puigdemont voltou a ser alvo de um mandado de detenção europeu, emitido pelo Supremo Tribunal Espanhol, a 14 de outubro deste ano.

Espanha já tinha tentado a extradição, em julho de 2018, quando o líder independentista estava detido na Alemanha, mas acabou por desistir do processo, porque as autoridades só aceitavam extraditá-lo pelo crime de peculato.

O novo mandado de detenção surgiu após a condenação de nove políticos separatistas com penas até 13 anos de prisão.

Carles Puigdemont apresentou-se às autoridades de Bruxelas, tendo saído em liberdade e sem fiança.

Em Madrid, o governo já avisou a Bélgica de que irá tomar medidas se Puigdemont não for extraditado. Uma decisão que um tribunal belga adiou para 16 de dezembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tribunal belga adia decisão sobre Puigdemont

Cólera dos agricultores em Espanha e França está para durar

Comissão Europeia desbloqueará 137 mil milhões de euros para Polónia