EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

"Breves de Bruxelas": Imunidade, carregador e violência doméstica

"Breves de Bruxelas": Imunidade, carregador e violência doméstica
Direitos de autor AP LIONEL CIRONNEAU
Direitos de autor AP LIONEL CIRONNEAU
De  Isabel Marques da Silva
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O pedido de levantamento da imunidade de dois catalães que tomaram posse como eurodeputados, a proposta para criar um carregador de telemóvel universal e as críticas ao governo italiano por causa da violência doméstica estão em destaque neste programa sobre a atualidade política europeia.

PUBLICIDADE

A imunidade de Carles Puigdemont e Tonin Comín enquanto eurodeputados é contestada pelo Supremo Tribunal de Justiça de Espanha, que já pediu a suspensão da mesma pelo facto de existirem mandados de detenção europeus contra os dois independentistas catalães.

Cabe ao presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, informar a câmara sobre a recepção do pedido espanhol, abrindo, formalmente, o procedimento de análise.

Este é o tema em destaque no programa, que também aborda as seguintes notícias breves:

  • O Parlamento Europeu propõe que a indústria de telecomunicações adote um carregador universal que possa ser utilizado em todos os modelos de telemóvel. No debate em sessão plenária, segunda-feira, os eurodeputados mostraram-se céticos sobre a adesão voluntária dos operadores e poderão pedir à Comissão Europeia para criar uma norma vinculativa.
  • O Conselho da Europa criticou o governo de Itália por falta de ação para combater a violência contra as mulheres. Um relatório especial pede a expansão urgente dos serviços de apoio às vítimas, nomeadamente nos casos de violência sexual. Os autores do texto também criticam o facto do conceito de igualdade de género não ser promovido ativamente por parte das autoridades.
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Breves de Bruxelas": Parlamento Europeu condena Polónia e Hungria

"Breves de Bruxelas": UE, África e trabalhos forçados

Naufrágios no sul de Itália fazem pelo menos 11 mortos e dezenas de desaparecidos