"Estado da União": "Brexit", uma dor de cabeça para a Europa

"Estado da União": "Brexit", uma dor de cabeça para a Europa
Direitos de autor Virginia Mayo/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O braço-de-ferro entre Londres e Bruxelas por causa do Protocolo da Irlanda do Norte ainda promete fazer correr muita tinta

PUBLICIDADE

Quando as pessoas se divorciam, o drama nem sempre acaba de forma definitiva. Às vezes, os termos da separação podem causar alguns atritos.

Mas isso não é nada que se compare com o pesadelo do "Brexit." O governo britânico quer reescrever o acordo de divórcio, porque algumas partes não agradam. Isto apesar de nunca terem gostado das mesmas desde o início, de as terem negociado e assinado o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia.

Depois de meses de queixumes dos britânicos por causa do Protocolo da Irlanda do Norte, a União Europeia concordou em voltar a examiná-lo, deixando claro que em circunstância alguma haveria lugar a uma renegociação.

Bruxelas propõe mudanças práticas importantes no sistema bizantino de controlos alfandegários na Irlanda do Norte, que continua a fazer parte do Mercado Único sem fronteiras da União Europeia.

Pretende-se, nem mais nem menos, reduzir a burocracia.

Mas isso não é suficiente para o governo britânico. Londres quer termos de divórcio mais favoráveis. O assunto está em destaque nesta edição de "Estado da União", onde nos debruçamos também sobre a dança das cadeiras no governo austríaco, depois da demissão do chanceler Sebastian Kurz, sob pressão por causa de acusações de corrupção.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França alarga prazo do ultimato a Londres sobre as pescas

Reino Unido acena com "rutura" no Protocolo da Irlanda do Norte

Crise da mão-de-obra está a matar animais sem abastecer prateleiras