EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ucrânia: "resultado da guerra será decidido no campo de batalha"

Matti Massikas, embaixador da União Europeia para a Ucrânia
Matti Massikas, embaixador da União Europeia para a Ucrânia Direitos de autor Ukrainian Presidential Press Office via AP
Direitos de autor Ukrainian Presidential Press Office via AP
De  Méabh Mc Mahon
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Embaixador da União Europeia para a Ucrânia, Matti Massikas, manifestou-se sobre o assunto em entrevista à Euronews

PUBLICIDADE

Apesar das bombas russas, os ucranianos não se deixam desmoralizar e as sanções estão a dar resultados, diz o embaixador da União Europeia para a Ucrânia.

De visita a Bruxelas, Matti Massikas referiu, em entrevista à Euronews, que negociar com Moscovo significaria reconhecer as conquistas territoriais russas.

"Está claro que se os ataques parassem hoje, o processo de negociação continuaria ao estilo: o que é nosso é nosso, o resto nós podemos negociar. Ficou muito claro, do ponto de vista ucraniano, que é preciso resistir. Há um apoio público muito sólido para isso. Mais de 80% dos ucranianos acreditam que a Ucrânia vencerá a guerra e opõem-se a qualquer concessão aos russos, em termos de entrega de territórios. Nesta situação, os parceiros ocidentais da Ucrânia apoiam ao país. O resultado desta guerra será decidido no campo de batalha", insistiu o embaixador.

Clique no vídeo acima para acompanhar o resto da entrevista com Matti Massikas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucranianos regressam a áreas ocupadas

Expansão na Ucrânia vai continuar "de forma constante e persistente", diz Lavrov

Rússia quer anexar mais território na Ucrânia, revela Lavrov