EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

OpenAI suspende voz do ChatGPT que era "estranhamente parecida" com a da atriz Scarlett Johansson

Scarlett Johansson posa para os fotógrafos em Cannes, 2023.
Scarlett Johansson posa para os fotógrafos em Cannes, 2023. Direitos de autor Photo by Joel C Ryan/Invision/AP, File
Direitos de autor Photo by Joel C Ryan/Invision/AP, File
De  Euronews com AP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

Scarlett Johansson revelou em comunicado que a OpenAI suspendeu a voz com relutância.

PUBLICIDADE

A OpenAI suspendeu uma das vozes do ChatGPT depois de terem sido levantadas questões sobre a forma como foi criada, com a atriz Scarlett Johansson a dizer que soava "estranhamente semelhante" à sua própria voz.

Johansson, que deu voz a um assistente de IA no filme de 2013 "Her", escreveu num comunicado que o CEO da OpenAI, Sam Altman, a tinha abordado em setembro para dar voz ao ChatGPT e fazer a ponte entre os criativos e as empresas de tecnologia. A atriz recusou a oferta de Altman.

"Quando ouvi a demonstração lançada, fiquei chocada, irritada e incrédula com o facto de o Sr. Altman ter procurado uma voz que soava tão estranhamente semelhante à minha que os meus amigos mais próximos e os meios de comunicação social não conseguiam distinguir", disse Johansson.

A OpenAI concordou "relutantemente" em retirar a voz de Sky depois de a atriz ter contratado advogados que escreveram a Altman a perguntar sobre o processo através do qual a empresa criou a voz, acrescentou Johansson.

A empresa sediada em São Francisco lançou pela primeira vez a voz para o ChatGPT em setembro.

Na semana passada, a OpenAI revelou a última atualização do modelo GPT-4o, que diz funcionar mais rapidamente em texto, áudio e vídeo.

Altman até pareceu fazer referência ao filme de 2013 em que Johansson interpretou uma assistente de IA, publicando a palavra "ela" na plataforma de redes sociais X no dia da apresentação do GPT-4o.

'Não é uma imitação'

Numa publicação no blogue na segunda-feira, a OpenAI tentou esclarecer como foram criadas as vozes para o modelo de IA.

"Cada uma das vozes - Breeze, Cove, Ember, Juniper e Sky - são feitas a partir da voz de atores com os quais nos associámos para criá-las ", disse a empresa, acrescentando que receberam inscrições de centenas de atores.

A empresa explicou ainda que as vozes da IA "não devem imitar deliberadamente a voz distintiva de uma celebridade".

"A voz de Sky não é uma imitação de Scarlett Johansson, mas pertence a uma atriz profissional diferente que utiliza a sua própria voz natural", afirmou a OpenAI.

"Para proteger a privacidade dela, não podemos partilhar os nomes dos nossos talentos de voz", acrescentou a empresa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

OpenAI revela o novo modelo de IA ChatGPT-4o com um assistente de voz assustadoramente humano

Reguladores europeus examinam investimento da Microsoft na OpenAI

Quem é o "pai" do ChatGPT?