EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

A primeira "quarentena" na ilha de Lazzaretto em Veneza

A primeira "quarentena" na ilha de Lazzaretto em Veneza
Direitos de autor Images
Direitos de autor Images
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cidade foi pioneira no combate a doenças infecciosas.

PUBLICIDADE

A ilha de Lazzaretto Nuovo, em Veneza: foi aqui que a palavra "quarentena" teve origem há mais de 600 anos. Uma medida extrema que surgiu da necessidade de proteger os cidadãos das primeiras vagas da peste que devastava a região e foi determinante na estratégia de isolamento da cidade.

Os navios mercantes e as tripulações que chegavam tinham de cumprir um período de isolamento na ilha, antes de poderem seguir viagem. Ficavam em hospitais especiais e guardavam as mercadorias em grandes armazéns.

Algumas pessoas deixaram marcas nas paredes destes grandes edifícios - que agora servem de testemunha dos períodos de isolamento do passado.

A famosa personagem do carnaval, o médico da peste negra, usava uma máscara que parecia um "bico de pássaro" e é uma recordação das doenças sem cura do passado. Habitualmente, nesta altura do ano, a cidade já estaria repleta de turistas prontos para festejar o Carnaval de Veneza, mas este ano, não há praticamente ninguém nas ruas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Veneza convida a "recordar o futuro" neste Carnaval

"Vendemos tudo": Conheça o casal de reformados que vai fazer um cruzeiro de 3 anos à volta do mundo

Sinais falsos e greves de fome: como está a Europa a reagir ao turismo excessivo?