EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Guiné Equatorial, Tanzânia: O que é o vírus Marburg e como podem os viajantes proteger-se?

Vírus Marburg
Vírus Marburg Direitos de autor Canva
Direitos de autor Canva
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O que é o vírus Marburg e como podem os viajantes proteger-se? Viajantes para a Tanzânia e a Guiné Equatorial foram alertados para terem muita atenção aos sintomas do vírus mortal.

PUBLICIDADE

Os viajantes para a Tanzânia e a Guiné Equatorial foram avisados para terem muita atenção aos sintomas de um vírus mortal.

O vírus Marburg - que tem uma taxa de mortalidade que pode ir até 88% - é uma febre hemorrágica viral altamente infecciosa, o que significa que afecta múltiplos sistemas de órgãos ao mesmo tempo. Pode causar hemorragias nestes órgãos, impedindo a capacidade de funcionamento do corpo.

Os surtos foram confirmados na Guiné Equatorial e na Tanzânia, levando o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA a evitar viagens não essenciais às províncias afectadas. Há receios de que a doença possa alastrar ao vizinho Gabão.

O governo australiano também emitiu conselhos de viagem para os vizinhos Uganda e do Gabão.

O que é o vírus Marburg e quais são os seus sintomas?

O vírus Marburg é um primo próximo do Ébola, o vírus que matou mais de 11.000 pessoas - predominantemente na África Ocidental - entre 2014 e 2016.

Após um período de incubação de 2 a 21 dias, o início dos sintomas é repentino e marcado por febre, calafrios, dores de cabeça e dores musculares.

No quinto dia após o início dos sintomas, os doentes podem desenvolver uma erupção cutânea no peito, costas e estômago.

"Podem acontecer náuseas, vómitos, dores no peito, dor de garganta, dores abdominais e diarreia", afirma o website do CDC.

"Os sintomas tornam-se cada vez mais graves e podem incluir icterícia, inflamação do pâncreas, grande perda de peso, delírio, choque, falência hepática, hemorragia maciça, e disfunção de múltiplos órgãos".

Propaga-se predominantemente através do contacto pessoa-a-pessoa. Não existem actualmente vacinas aprovadas para o vírus, mas os ensaios estão iminentes.

Jerome Delay/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.
Marburg é um primo próximo do vírus Ébola. Nesta imagem, uma vítima do Ébola é colocada a descansar no cemitério muçulmano em Beni, no Congo,Jerome Delay/Copyright 2022 The AP. All rights reserved.

Onde está concentrado o vírus Marburg?

A Guiné Equatorial declarou um surto de Marburg em meados de Fevereiro, com 13 casos confirmados até à data. Os casos espalharam-se por várias províncias.

A Tanzânia confirmou oito casos, incluindo cinco mortes.

A Organização Mundial de Saúde enviou pessoal aos países afectados para ajudar a lidar com os surtos.

Os EUA disseram aos viajantes que se desloquem aos dois países para evitarem o contacto com pessoas doentes e para estarem atentos aos sintomas.

O governo australiano exortou os viajantes para a Tanzânia, Uganda e Gabão a terem um "elevado grau de cautela".

Até à data, nenhum governo europeu emitiu avisos de viagem.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alemanha pede desculpa à Tanzânia pela repressão brutal da colonização

O vírus Ébola regressa à Guiné Conacri

Segunda vacina para combater ébola na Rep. Democrática do Congo