Vídeo

euronews_icons_loading
Cruz Vermelha regista o nome dos soldados ucranianos