Plátano de duzentos anos onde Thomas Brail acampou, em Champs de Mars, Paris. -

Ativista ambiental acampa numa árvore em protesto contra projetos na zona da Torre Eiffel

O francês ativista ambiental Thomas Brail, acampou, desde o dia trinta de maio, num plátano de duzentos anos perto da Torre Eiffel, em Paris, e iniciou este sábado uma greve de fome, em protesto contra a devastação sistématica de árvores. 

O francês ativista ambiental Thomas Brail, acampou, desde o dia trinta de maio, num plátano de duzentos anos perto da Torre Eiffel, em Paris, e iniciou este sábado uma greve de fome, em protesto contra a devastação sistématica de árvores. 

O ativista exige que o município de Paris e o governo francês limitem projetos de urbanização e desenvolvimento turístico na zona de Champ de Mars.