A morte sem crime da "mestre" do policial britânico

A morte sem crime da "mestre" do policial britânico
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
PUBLICIDADE

A criadora do inspetor da Scotland Yard mais poético de sempre faleceu esta quinta-feira, aos 94 anos de idade, em Oxford.

A escritora policia P.D. James deixa uma obra de mais de vinte livros, desde a publicação d’ “O enigma de Sally Jupp”, nos anos 60, até “Morte em Pemberley”, o último livro publicado.

Um percurso marcado pelo mesmo personagem, Adam Dalgliesh, o “inspetor-poeta”.

Distante da tradição do policial de Agatha Christie, James era aclamada por uma escrita e enredos atípicos com crimes brutais onde o malfeitor nem sempre terminava na prisão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Imprensa russa anuncia falsa morte do rei Carlos III

Biólogos investigam encalhe de um grande número de baleias na Escócia

Morreu o estilista Roberto Cavalli aos 83 anos