Última hora
This content is not available in your region

Jiadistas do ISIL alegam terem assassinado refém japonês

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Jiadistas do ISIL alegam terem assassinado refém japonês
Tamanho do texto Aa Aa

Governo japonês confirma autenticidade do vídeo que exibe a execução do refém japonês pelos militantes do grupo Estado Islâmico.

Kenji Goto, de 47 anos, foi assassinado por um homem que parece ser um militante conhecido como Jihadi John, que possui sotaque do sul da Inglaterra e que ser também o autor das mensagens anteriores sobre os reféns japonês e jordano, o piloto executado na semana anterior.

O terrorista manda uma mensagem ao primeiro-ministro, Shinzo Abe e justifica o assassinato do jornalista como sendo consequência da decisão do Japão ter tomado parte na luta internacional contra o terrorismo.
O Jiadista ameaça o país com outros ataques.