EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Jiadistas do ISIL alegam terem assassinado refém japonês

Jiadistas do ISIL alegam terem assassinado refém japonês
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Governo japonês confirma autenticidade do vídeo que exibe a execução do refém japonês pelos militantes do grupo Estado Islâmico. Kenji Goto, de 47

PUBLICIDADE

Governo japonês confirma autenticidade do vídeo que exibe a execução do refém japonês pelos militantes do grupo Estado Islâmico.

Kenji Goto, de 47 anos, foi assassinado por um homem que parece ser um militante conhecido como Jihadi John, que possui sotaque do sul da Inglaterra e que ser também o autor das mensagens anteriores sobre os reféns japonês e jordano, o piloto executado na semana anterior.

O terrorista manda uma mensagem ao primeiro-ministro, Shinzo Abe e justifica o assassinato do jornalista como sendo consequência da decisão do Japão ter tomado parte na luta internacional contra o terrorismo.
O Jiadista ameaça o país com outros ataques.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França aperta medidas de segurança antes da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos

Ucraniano pró-russo detido em hospital francês por suspeita de planear um atentado

Polícia francesa mata homem que tentava incendiar sinagoga em Rouen