Kuwait: Atentado reivindicado pelo Estado Islâmico

Kuwait: Atentado reivindicado pelo Estado Islâmico
De  Fernando Peneda com LUSA/AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O atentado reivindicado pelo autoproclamado Estado Islâmico realizado sexta-feira numa mesquita xiita na capital do Kuwait, matou pelo menos 27

PUBLICIDADE

O atentado reivindicado pelo autoproclamado Estado Islâmico realizado sexta-feira numa mesquita xiita na capital do Kuwait, matou pelo menos 27 pessoas e feriu mais de 220 segundo dados do Ministério do Interior.

O ataque ocorreu na mesquita Al-Imam al-Sadeq, na Cidade do Kuwait, durante a oração do meio-dia.

Segundo o principal dignitário religioso da mesquita, Abdullah al-Mazeedi, estavam no local cerca de 2000 pessoas no momento do ataque.

O braço do Estado Islâmico na Arábia Saudita, designado Província de Nadj, afirmou que o combatente Abu Suleiman al-Muwahhid perpetrou o ataque suicida.

O grupo Província de Nadj reivindicou alguns ataques contra mesquitas xiitas na Arábia Saudita nas últimas semanas.

O Estado Islâmico é um grupo extremista sunita, que considera os xiitas como heréticos.

Após uma reunião de emergência o Governo do Kuwait colocou todas as forças de segurança em estado de alerta e decretou para este sábado um dia de luto nacional.

Desde janeiro de 2006 que o Kuwait não era alvo de um ataque terrorista.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morreu o emir do Kuwait, xeque Nawaf Al Ahmad Al Sabah

Polícia do Equador detém quase 70 membros de gangue que tentavam controlar hospital

Irão dispara mísseis contra consulado dos EUA em região curda do Iraque