Rússia atinge alvos civis e não do EI, diz oposição síria

Rússia atinge alvos civis e não do EI, diz oposição síria
De  Ricardo Figueira com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na Síria, a Rússia garante que atingiu oito alvos do grupo Estado Islâmico, mas as organizações anti-Assad falam em 36 baixas civis,

PUBLICIDADE

A Rússia garante ter atacado alvos do grupo Estado Islâmico (EI), na Síria, mas as imagens do rescaldo dos bombardeios russos na província de Homs mostram outra realidade: Crianças civis feridas no hospital e casas destruídas.

Os bombardeamentos atingiram uma área controlada pelos rebeldes que lutam contra o regime de Bashar el-Assad e terão morto pelo menos 36 civis.

Khaled Khoja, dirigente das forças de oposição a Assad, explica que os radicais já não estão nestas zonas: “Toda esta região já lutou contra o Estado Islâmico e derrotou-o, e a outros grupos de extremistas, há um ano. Infelizmente, todas as baixas são de civis, incluindo um grupo de defesa civil capacetes brancos e cinco crianças”.

1/All The targets in today's Russian air raid over Northern #Homs were civilians .36 civilian has been killed in ISIL & Al Qaida free areas.

— خالد خوجة (@Khaledkhoja) September 30, 2015

#Ahmad_Yamen_Malak_Rayan 4 #Syrian angels killed by Russian occupation as they consider them terrorists pic.twitter.com/7K2rNmEe88

— خالد خوجة (@Khaledkhoja) September 30, 2015

A versão dos russos é muito diferente: O ministério da Defesa, em Moscovo, diz que foram atingidos oito alvos do grupo Estado Islâmico e um posto de comando da mesma organização.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lavrov quer cooperação militar Rússia-EUA na Síria

Rússia bombardeia alvos na Síria

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado