EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Breivik em tribunal para exigir menos restrições na prisão

Breivik em tribunal para exigir menos restrições na prisão
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Anders Breivik, o norueguês que matou 77 pessoas em 2011 está de volta ao tribunal. Desta vez, para reclamar de condições desumanas na prisão.

PUBLICIDADE

Anders Breivik, o norueguês que matou 77 pessoas em 2011 está de volta ao tribunal. Desta vez, para reclamar de condições desumanas na prisão. O julgamento começa na terça-feira.

Breivik processou o governo norueguês, que acusa de tratamento “degradante” e censura de correspondência, em violação da Convenção Europeia dos Direitos Humanos.

O Ministério Público considera que as condições de detenção respeitam amplamente a Convenção e explica que a censura de correspondência é indispensável para evitar a criação de uma “rede extremista”.

Segundo a equipe médica penitenciária não existem indícios de que o regime de segurança máxima tenha provocado alterações na saúde mental de Breivik.

Para os familiares das vítimas e os sobreviventes, o reaparecimento do assassino nos média é inaceitável.

Em 22 de julho de 2011, Breivik matou oito pessoas ao detonar uma bomba perto da sede do governo em Oslo e 69 outras que participavam numa reunião da Juventude Trabalhista na ilha de Utoya. Decidiu matar pessoas que acusava de promoverem o multiculturalismo, .

Foi condenado a uma pena de 21 anos de prisão, uma sentença que pode ser prorrogada indefinidamente enquanto for considerado perigoso.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Massacre de Utoya foi há 10 anos

Países preparam-se para a guerra? Noruega vai investir mais 52 mil milhões na Defesa até 2036

Anders Breivik perde processo contra Estado norueguês e continuará em confinamento solitário