EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

EUA: Volkswagen concorda pagar mais de 10 mil milhões de euros

EUA: Volkswagen concorda pagar mais de 10 mil milhões de euros
Direitos de autor 
De  Miguel Roque Dias com Reuters, EFE
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Volkswagen chegou a um acordo de princípios com as autoridades dos Estados Unidos da América sobre os veículos que foram afetados pela fraude nos

PUBLICIDADE

A Volkswagen chegou a um acordo de princípios com as autoridades dos Estados Unidos da América sobre os veículos que foram afetados pela fraude nos testes relacionados com as emissões poluentes.

Segundo o anúncio do juiz Charles Breyer, de São Francisco, “o acordo preliminar inclui compensações substanciais para os consumidores afetados pela adulteração dos motores e a criação de um fundo com o qual a Volkswagen se compromete a promover iniciativas ecológicas no setor automóvel”.

O grupo alemão ter-se-á comprometido a readquirir 480.000 veículos.

Segundo fontes citadas pela Reuters, o acordo irá custar à Volkswagen mais de 10 mil milhões de dólares, o equivalente a 8,8 mil milhões de euros.

O juiz Breyer definiu que as partes têm até ao dia 21 de junho para apresentar propostas preliminares sobre a resolução. De seguida, o acordo fica em consulta pública e só depois será promulgado.

O grupo automobilístico alemão evita, assim um processo judicial nos Estados Unidos.

Na Europa situação está longe de estar resolvida pois não estão previstas quaisquer indemnizações.

Volkwagen and U.S. Justice Department reach diesel emissions deal: https://t.co/PQHACd10o8pic.twitter.com/I6VSabaqQb

— Reuters Business (@ReutersBiz) April 21, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

VW tenta evitar processo judicial nos EUA

Veículos Volkswagen Beetle desfilaram na Cidade do México no domingo

Crise na fábrica da Continental na Hungria