1° de Maio agitado em Seattle

1° de Maio agitado em Seattle
De  João Peseiro Monteiro com REUTERS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O 1° de Maio foi movimentado em Seattle, nos Estados Unidos. À margem da concentração tradicional registaram-se alguns casos de violência que

PUBLICIDADE

O 1° de Maio foi movimentado em Seattle, nos Estados Unidos. À margem da concentração tradicional registaram-se alguns casos de violência que deixaram ligeiramente feridos cinco agentes da polícia. As autoridades fizeram nove detenções. O lançamento de cocktails molotov e de pedras, assim como a destruição de algumas vitrinas, motivaram a ação policial.

O presidente da câmara, Ed Murray, denunciou uma “violência sem sentido” e fez questão de separar os ativistas anticapitalistas envolvidos no protesto da multidão que participou na tradicional marcha do Dia do Trabalhador, que na maior cidade do estado de Washington serviu para reclamar reformas nas leis do trabalho e da imigração. A denúncia da violência policial também costuma ser uma das bandeiras do 1° de Maio na América.

Prior to anti-capitalist demonstrations, hundreds rallied in Seattle for immigration reforms https://t.co/gqibHAzLw7pic.twitter.com/F0n0vrR9h1

— The Seattle Times (@seattletimes) 2 de maio de 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Significado e história do 1° de maio, Dia do Trabalhador

França: Reforma laboral inflama protestos do primeiro de Maio

Centro de Nova Iorque ocupado por protestos contra combustíveis fósseis