Convenção: Obama elogia Clinton e emociona democratas

Convenção: Obama elogia Clinton e emociona democratas
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Presidente norte-americano está pronto para passar o testemunho, de preferência, a Hillary Clinton.

PUBLICIDADE

O Presidente norte-americano está pronto para passar o testemunho, de preferência, a Hillary Clinton. O discurso de Barack Obama no terceiro dia da Convenção Nacional Democrata foi um dos mais aplaudidos. Para o democrata, a candidata do partido na corrida à Casa Branca tem tudo para vencer.

“Não importa o quanto as pessoas a tentam deitar abaixo, ela nunca desiste. É essa a Hillary que eu conheço e que admiro. Por isso, posso dizer, que nunca existiu um homem ou uma mulher – nem mesmo eu ou Bill Clinton – mais qualificado para servir como Presidente dos Estados Unidos da América” afirma Obama.

Maison Blanche: Obama veut conduire “Hillary” à la victoire https://t.co/xTnuqCJmAH#AFPpic.twitter.com/fJ8KoEhcjz

— Agence France-Presse (@afpfr) 28 juillet 2016

Um discurso de 45 minutos onde não faltaram elogios a Hillary Clinton e críticas ao candidato republicano, Donald Trump.

“Os Estados Unidos mudaram com os anos. Mas os valores que me foram transmitidos pelos meus avós não desapareceram. Estão, pelo contrário, mais fortes do que nunca e continuam a ser acarinhados pelas pessoas de diferentes partidos e religiões. É, por isso, os que ameaçam os nossos valores – sejam eles fascistas, comunistas, jihadistas ou demagogos – vão acabar por cair” acrescenta Obama.

WATCH: 'I am more optimistic about the future of America than ever before' – Obama at DNC: https://t.co/9cha1Bw94nhttps://t.co/dAeN90o87m

— Reuters Top News (@Reuters) 28 juillet 2016

Essa é pelo menos a expectativa do Partido Democrata nas presidenciais de novembro. No entanto, e para já nas sondagens é Hillary Clinton que perde para Donald Trump. Um cenário que segundo os analistas se pode inverter no final da Convenção Democrata.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morte de Alexei Navalny provoca reação internacional

Reta final para as eleições intercalares nos EUA

Veneza atribui Leão de Ouro a Catherine Deneuve pelo conjunto da carreira