EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Migrantes: Áustria agradece esforços da Sérvia no encerramento da rota dos Balcãs

Migrantes: Áustria agradece esforços da Sérvia no encerramento da rota dos Balcãs
Direitos de autor 
De  Euronews com APTN, ABC,
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Áustria agradeceu o trabalho da Sérvia e de outros países da região nos esforços para encerrar a chamada rota dos Balcãs

PUBLICIDADE

De visita a Belgrado, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Áustria agradeceu, esta segunda-feira, o trabalho da Sérvia e de outros países da região nos esforços para encerrar a chamada rota dos Balcãs, que viu o fluxo de migrantes reduzir-se substancialmente no último ano.

Sebastien Kurz esteve reunido com o primeiro-ministro da Sérvia. Aleksandar Vucic aproveitou a ocasião para lançar algumas farpas, afirmando que “alguns países da União Europeia não têm cumprido as suas obrigações” em relação à crise migratória, nomeadamente na questão do acolhimento e prometeu que a Sérvia irá continuar a fazer tudo o que puder para evitar tornar-se “num parque de estacionamento para imigrantes ilegais”.

Na semana passada, a Sérvia, a Áustria e outros 13 países europeus, desde a Grécia à Polónia, decidiram avançar com um plano de ação para reforçar as fronteiras da Europa, dentro e fora da União, para o caso de a Turquia romper – como já ameaçou várias vezes – o acordo com a União Europeia que permitiu travar o fluxo de migrantes por via terrestre.

Apesar da redução substancial do fluxo na rota dos Balcãs, cerca de 7000 migrantes continuam na Sérvia à procura de uma forma de entrar na União Europeia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Chanceler austríaco saúda Sunak pelo plano de deportação para o Ruanda

Josef Fritzl, que prendeu e violou a filha durante 24 anos, pode ser transferido para prisão normal

Rebenta na Áustria o maior escândalo de espionagem das últimas décadas