Última hora

Última hora

Mundo em suspenso para ver Super-Lua Azul de Sangue

Em leitura:

Mundo em suspenso para ver Super-Lua Azul de Sangue

Mundo em suspenso para ver Super-Lua Azul de Sangue
Tamanho do texto Aa Aa

Não acontecia há 150 anos mas na noite de terça para quarta-feira, 31 de janeiro, várias partes do mundo foram presenteadas com um raro espetáculo astronómico: a Super-Lua Azul de Sangue.

Além da Super-Lua, assim chamada por estar no ponto mais próximo à Terra no movimento de translação ao redor do planeta, houve Lua Azul, que se verifica quando existem duas Luas Cheias no mesmo mês.

Também houve um eclipse total lunar, com a Terra, o Sol e a Lua alinhados, fazendo com que a sombra ocultasse por completo o satélite natural do planeta. Nasceu daqui a Lua de Sangue. Durante o curso do eclipse, a atmosfera da Terra filtrou a luz azul e verde dos raios solares deixando passar a vermelha.

Os que não tiveram oportunidade de ver este fenómeno visual terão agora de esperar muito tempo. Só deverá voltar a ocorrer a 31 de janeiro de 2037.