Última hora

Vulcão continua a representar perigo

Vulcão continua a representar perigo
Direitos de autor
REUTERS/Luis Echeverria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A euronews falou com Tamsim Mather, vulcanóloga da Universidade de Oxford, que nos explicou em que medida o Vulcão de Fogo continua a representar um perigo para as populações circundantes:

"Há ainda explosões no vulcão e tenho a certeza de que continuará a deixar todos bastante nervosos, porque há alguma incerteza acerca da dimensão [dessas explosões]. A expetativa é de que volte agora à sua atividade regular. Mas um dos grandes perigos é as avalanches de lama vulcânica. É a época das chuvas na Guatemala. Por isso, se houver uma grande precipitação, a cinza e outros materiais piroclásticos do vulcão podem ser transportados nesses fluxos de lama e ser também bastante mortíferos."

Pelo menos três aldeias desapareceram debaixo das toneladas de cinza expelidas naquela que é a maior erupção do vulcão desde 1974. Para além da tragédia humana, peritos calculam que tenham ficado completamente destruídas as explorações agrícolas num raio de cinco quilómetros.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.