EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Judo: Daria Bilodid Campeã do Mundo aos 17 anos

Judo: Daria Bilodid Campeã do Mundo aos 17 anos
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Judoca ucraniana derrotou na final de -48 kgs a japonesa Tonaki Funa e tornou-se na campeã mundial mais jovem de sempre. Japonês Takato Nahoisa conquistou pela terceira vez o título mundial em -66 kgs. Portugueses Joana Ramos, Mariana Esteves e João Crisóstomo lutam esta 6ª feira.

PUBLICIDADE

A ucraniana Daria Bilodid foi a estrela do primeiro dia dos campeonatos do mundo de Judo que decorrem em Baku, no Azerbaijão.

No caminho para a final, a judoca de 17 anos derrotou a campeã olímpica na categoria de menos 48 quilos, a argentina Paula Pareto.

Uma história que acabou em sonho, quando a campeã europeia bateu na final, por ippon, a até então detentora do titulo mundial, a japonesa Tonaki Funa.

Bilodid tornou-se assim na campeã do mundo mais jovem de sempre e admitiu que teve um dia perfeito.

"Nem acredito nisto, estou muito feliz. Foi um combate importante. Senti muita pressão da Tonaki porque já a tinha vencido duas vezes e sabia que ela queria ganhar-me, ela trabalhou para isso e foi mesmo muita pressão para mim. Estou muito feliz por ter conseguido."

Um titulo mundial que Bilodid vai manter durante um ano.

Apesar de ter perdido o combate com a nova campeã mundial, a argentina Paula Pareto recompôs-se e garantiu a medalha de bronze juntamente com Otgontsetseg Galbadrakh, do Cazaquistão.

No setor masculino, o japonês Takato Naohisa conquistou um terceiro titulo mundial na categoria de menos 60 quilos.

Uma final em que o nipónico mostrou um brilhante jogo de pés e acabou por bater o russo Robert Mshvidobadze por Waza ari.

O japonês admite que "não era o favorito, porque não competi muito recentemente, mas nunca perdi o desejo de defender o meu número vermelho de campeão."

Uma medalha de ouro colocada no pescoço de Naohisa pelo gigante Teddy Riner, o francês dez vezes campeão do mundo na categoria de mais de 100 quilos.

O movimento mais espetacular deste primeiro dia aconteceu no combate pela medalha de bronze. Um Uchi Mata perfeito do japonês Nagayama Ryuju ao coreano Harim Lee que garantiu um lugar no pódio ao nipónico.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Judo: Anri Egutidze perde com o novo Campeão do Mundo