Última hora

Última hora

Putin quer respostas sobre ataque na Crimeia

Em leitura:

Putin quer respostas sobre ataque na Crimeia

Putin quer respostas sobre ataque na Crimeia
Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin e o presidente egípcio Abdel Fatah Al-Sissi falavam de negócios, em Sochi, quando o ataque na Crimeia aconteceu. A tragédia acabou por dominar a reunião e as palavras do presidente russo com os jornalistas.

"Há poucas horas, aconteceu uma tragédia na cidade de Kerch, na Rússia. Como resultado da detonação de um engenho explosivo, morreram algumas pessoas e muitas ficaram feridas. Quero enviar as minhas condolências às famílias dos mortos e também expressar a minha esperança de que os feridos possam recuperar o mais depressa possível. Vamos fazer tudo nesse sentido. Claramente, o que aconteceu foi um crime. Os motivos e a versão exata destes eventos trágicos estão a ser estudados a fundo e vamos informar o público sobre os resultados desta investigação dos serviços de segurança e das forças especiais", disse Putin.

O presidente russo terminou por pedir um minuto de silêncio aos presentes.