Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Manifestações nos EUA contra demissão do procurador-geral

Manifestação em Nova Iorque contra Trump
Manifestação em Nova Iorque contra Trump -
Direitos de autor
Reuters/JEENAH MOON
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas manifestaram-se ontem à noite em Nova Iorque, Los Angeles e outras cidades dos Estados Unidos, contra a demissão forçada do procurador-geral, Jeff Sessions.

Os manifestantes temem que seja uma tentativa do presidente Donald Trump de acabar com a investigação sobre as alegadas interferências russas nas presidenciais de há dois anos.

No dia seguinte às eleições intercalares, Sessions entregou a demissão e na nota deixou claro que o fazia a pedido de Trump, agradecendo-lhe a oportunidade que teve de ser procurador-geral.

No twitter, o Presidente norte-americano anunciou que o antigo chefe de gabinete de Sessions, Matthew Whitaker, vai ocupar o cargo de forma interina até que nomeie um substituto para ser submetido ao senado.

Ao contrário do até agora procurador, Whitaker é um critico da investigação sobre as ligações de Trump com a Rússia.

Chegou mesmo a acusar o procurador especial Robert Mueller de ir longe demais na investigação e de fazer uma "caça às bruxas" contra o Presidente.