Última hora

Última hora

Manifestações nos EUA contra demissão do procurador-geral

Em leitura:

Manifestações nos EUA contra demissão do procurador-geral

Manifestação em Nova Iorque contra Trump
@ Copyright :
Reuters/JEENAH MOON
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas manifestaram-se ontem à noite em Nova Iorque, Los Angeles e outras cidades dos Estados Unidos, contra a demissão forçada do procurador-geral, Jeff Sessions.

Os manifestantes temem que seja uma tentativa do presidente Donald Trump de acabar com a investigação sobre as alegadas interferências russas nas presidenciais de há dois anos.

No dia seguinte às eleições intercalares, Sessions entregou a demissão e na nota deixou claro que o fazia a pedido de Trump, agradecendo-lhe a oportunidade que teve de ser procurador-geral.

No twitter, o Presidente norte-americano anunciou que o antigo chefe de gabinete de Sessions, Matthew Whitaker, vai ocupar o cargo de forma interina até que nomeie um substituto para ser submetido ao senado.

Ao contrário do até agora procurador, Whitaker é um critico da investigação sobre as ligações de Trump com a Rússia.

Chegou mesmo a acusar o procurador especial Robert Mueller de ir longe demais na investigação e de fazer uma "caça às bruxas" contra o Presidente.