Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

As desculpas depois da Bola de Ouro

As desculpas depois da Bola de Ouro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ada Hegerberg venceu a Bola de Ouro para o melhor jogadora de futebol mas o momento ficou manchado quando o DJ Martin Solveig pediu para dançar 'twerk'. Muitos consideraram assédio sexual, o DJ desculpa-se.

'' Estou um pouco surpreendido e espantado com o que estou a ler na internet, não quis ofender ninguém. Isto vem de uma distorção do meu nível cultura de inglês que, obviamente, não é suficiente. Não quis ofender ninguém. Foi uma piada, provavelmente uma piada mal contada. Quero pedir desculpas a quem eu possa ter ofendido: desculpe-me por isso,'' afirmou o DJ Martin Solveig.

Hegerberg, que ajudou o Lyon a vencer a Liga dos Campeões Femininos, pareceu constrangida com o convite de Solveig e respondeu "não", agora explica o que aconteceu depois

"Ele veio ter comigo depois e estava muito, muito triste com a forma como as coisas tinham evoluído. No momento, não pensei naquilo. Não considerei como assédio sexual ou outra coisa. Para ser honesta, estava apenas feliz em dançar e celebrar a conquista do Bola de Ouro," declarou Ada Hegerberg .

O tenista Andy Murray criticou o comportamento do Dj. Murray escreveu nas redes sociais que as mulheres não têm de "aturar esse tipo de porcarias" e que no desporto "o nível de sexismo é irreal".

"Por que é que uma mulher ainda tem que aturar essas porcarias? Que perguntas fizeram a Mbappe e Modric? Imagino que algo a ver com futebol. E para os que pensam que as pessoas estão exagerar e que foi uma piada ... não foi. Tenho estado envolvido com o desporto durante toda a vida e o nível de sexismo é irreal," escreveu Andy Murray.