A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Força Nacional incapaz de travar onda de violência em Fortaleza

Força Nacional incapaz de travar onda de violência em Fortaleza
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A chegada de trezentos elementos da Força Nacional não foi suficiente para colocar um ponto final à onda de violência na cidade de Fortaleza, no estado brasileiro de Ceará, mas nem por isso o reforço das forças de segurança deixa de ter resultados visíveis.

Foram já detidos 110 suspeitos de envolvimento em ações criminosas desde quarta-feira, mais de metade das detenções aconteceu desde a entrada em ação das tropas federais no sábado.

Existem ainda duas mortes a lamentar, dois suspeitos perderam a vida após uma troca de tiros com a polícia quanto tentavam incendiar uma paragem de autocarro.

A onda de violência tece início na quarta-feira, com vários edifícios e meios de transporte a serem deliberadamente incendiados.