Última hora

Última hora

"Sem planeta não há escola"

As ruas de Bruxelas foram palco de uma aula gigante de cidadania
@ Copyright :
D.R.
Tamanho do texto Aa Aa

12 mil e 500 estudantes belgas desfilaram esta quinta-feira pelas ruas de Bruxelas em defesa do ambiente. É o segundo protesto do género, mas há uma semana era apenas 3 mil.

Os jovens belgas querem que os líderes tomem medidas urgentes e uma política de combate às alterações climáticas mais ambiciosa.

"Não faz sentido ir à escola num mundo que se está a destruir. Estamos aqui em defesa do clima, porque sem um bom ambiente não há planeta Terra e sem planeta não há escola," disse

Amandine Pourbaix, uma estudante de 17 anos que sintetiza a opinião global.

Os jovens belgas querem fazer destas manifestações um hábito semanal até que os comportamentos se alterem.

Dirigem-se diretamente ao poder político e pedem que o limite para o aquecimento global seja fixado abaixo de 1,5ºC.

Para já, a maior parte das escolas mostra-se compreensiva com as faltas dos alunos, com alguns professores a defender que as ruas se transformaram numa gigante aula de cidadania.