Fatih Akin tenta "dobradinha" em Berlim com "Der Goldene Handschuh"

Fatih Akin tenta "dobradinha" em Berlim com "Der Goldene Handschuh"
Direitos de autor رويترز
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O realizador alemão venceu o Urso de Ouro em 2004 com "Head On - a noiva turca".

PUBLICIDADE

Na Berlinale, este sábado foi dia de antestreia mundial de uma das últimas sensações do cinema alemão e um dos 17 candidatos ao Urso de Ouro: "Der Goldene Handschuh" (A luva dourada) é o novo filme de Fatih Akin, que procura aqui ganhar o prémio principal do festival de Berlim pela segunda vez, depois de ter já vencido em 2004, com "Head On - A Esposa Turca".

Neste novo filme, que tem Jonas Dassler e Marc Hoseman nos papéis principais, Akin regressa a um caso criminal que fez correr tinta na Alemanha dos anos 70.

O caso verídico passa-se em Hamburgo, na zona do porto. Fritz Honka, interpretado por Dassler, é um serial killer que segue sempre o mesmo método: depois de conhecer as vítimas num bar que se chama, justamente, Der Goldene Handshuh, leva-as para casa, onde as mata e armazena várias partes do corpo. Honka terá morto quatro prostitutas entre 1970 e 1975. O filme estreia comercialmente na Alemanha no dia 21 e só depois deve chegar a outros países.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Wim Wenders recebe Prémio Lumière 2023: "O cinema vai sobreviver"

Primeira reunião de fãs da "Star Trek" na China

Atriz Robin Wright galardoada no Festival de Cinema de Karlovy Vary