Guaidó dá prazo para ajuda humanitária entrar na Venezuela

Guaidó dá prazo para ajuda humanitária entrar na Venezuela
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O autoproclamado presidente interino da Venezuela já terá mobilizado 600 mil voluntários para ir buscar a ajuda humanitária norte-americana que começou a chegar em grande quantidade à cidade fronteiriça colombiana de Cúcuta.

PUBLICIDADE

A ajuda humanitária norte-americana vai entrar na Venezuela no próximo sábado. A garantia é dada pelo autoproclamado presidente Juan Guaidó que fez um apelo aos militares.

"Novamente, esta é uma mensagem para as forças armadas da Venezuela, sete dias para a ajuda humanitária entrar. Uma semana para que eles façam o que está correto e não é só estar do lado da constituição. Nós estamos a autorizar a entrada da ajuda humanitária", declarou num comício em Caracas.

A ajuda humanitária dos Estados Unidos começou a chegar este sábado à cidade colombiana de Cúcuta através de três aviões norte-americanos C-17 com toneladas de suplementos nutricionais e conjuntos de higiene.

Juan Guiadó vai contar com voluntários para fazer entrar os mantimentos no dia 23. Ao mesmo tempo, Guiadó pediu aos venezuelanos para se manifestarem massivamente nesse dia para apoiar esses voluntários, que serão já 600 mil.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guaidó quer desbloquear auxílio humanitário

Guaidó denuncia intenções do governo de Maduro

Varoufakis: "A UE está a seguir Washington asfixiando a Venezuela"