Última hora

Última hora

Nigéria: Colapso de escola primária faz 8 mortos e dezenas de soterrados

Nigéria: Colapso de escola primária faz 8 mortos e dezenas de soterrados
@ Copyright :
REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

O colapso de uma escola primária na Nigéria fez 8 mortos (inicialmente avançados 25) e dezenas de soterrados. Já foram resgatadas 37 crianças com vida, mairoria crianaças. Ainda há muitas soterradas, o que significa que estes números podem mudar nas próximas horas.

O anúncio das 25 criaças mortas feito durante a tarde pelo governador do estado de Lagos, Akinwunmi Ambode foi desmentido há minutos.

Um edifício escolar, de quatro andares, desmoronou esta quarta-feira. O último andar abrigava uma creche e uma escola primária, enquanto os apartamentos e empresas ocupavam o resto do prédio.

"37 pessoas foram libertadas vivas e oito pessoas foram encontradas mortas", disse um funcionário da Agência de Gerenciamento de Emergências do Estado de Lagos (Sema), Ibrahim Farinloye, em um comunicado.

O Governador de Lagos, Akinwuni Ambode, visitou o local e disse à comunicação social que a escola estava ilegal.

A diretora da Agência de Gerenciamento de Emergências do Estado de Lagos (Sema) Adesina Tiamiyu, confirmou que "dezenas de crianças" - perto de 100 - estavam dentro do prédio aquando se deu o colapso.

O Presidente do país, Muhammadu Buhari, emitiu uma declaração destinada aos parentes das vítimas: "É triste perder vidas preciosas num acidente, especialmente quando se trata de crianças (...) Deus concede a todos os afetados por este acidente coragem e apoio ".

O edifício de três andares, sobretudo residencial, como avança a imprensa local, albergava uma escola primária no último piso.

Reuters
Criança a ser resgatadaReuters

As causas são ainda deconhecidas, mas segundo os especialistas que estão no local, a falta de manutenção dos materiais de construção e a falha de inspeções periódicas podem estar na origem do desabamento.

Acidentes deste género não são raros na Nigéria. Em 2016, mais de 100 pessoas morreram depois de um telhado de uma igreja ruir por problemas de construção.