Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Milhares na rua contra Bolsonaro

A manifestação em São Paulo ocupou dois quilómetros da Avenida Paulista
A manifestação em São Paulo ocupou dois quilómetros da Avenida Paulista -
Direitos de autor
D. R.
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

É o primeiro grande protesto nacional contra o presidente brasileiro Jair Bolsonaro. Milhares de pessoas saíram à rua em pelo menos 222 cidades do Brasil. Professores, estudantes e pais protestam contra os cortes na educaçãoque chegam aos 30 por cento nas despesas de funcionamento das escolas.

Na cidade de São Paulo, os manifestantes ocuparam cerca de dois quilómetros na emblemática Avenida Paulista.

Bolsonaro, que visita aos Estados Unidos, estava no Texas no momento das manifestações. O presidente brasileiro não respondeu às críticas dos manifestantes, mas não se inibiu de os classificar como "idiotas úteis" que estão a ser instrumentalizados pela oposição e pelos sindicatos.

Ao final do dia, no Rio de Janeiro, as manifestações terminaram em violência. De acordo com a polícia, os confrontos aconteceram quando a multidão já se dispersava. Um autocarro foi incendiado por manifestantes. Não há notícia de feridos.