A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Funerais de 55 prisioneiros no Amazonas

Funerais de 55 prisioneiros no Amazonas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As famílias de 55 prisioneiros estão de luto no estado do Amazonas, no Brasil. As vítimas mortais de um motim e da violência que transborda nos estabelecimentos prisionais da região foram a enterrar, nesta quinta-feira. Os familiares, visivelmente comovidos, têm dificuldade em aceitar a realidade.

O Brasil enfrentou uma nova crise nas prisões sobrelotadas. Assistiu-se a um verdadeiro massacre atrás das grades no interior do Complexo Penitenciário Anísio Jobim, com réplicas noutras cadeias. As autoridades descobriram os corpos de 15 prisioneiros, depois de uma rixa entre grupos rivais.

Foram encontrados mais também 40 reclusos sem vida, depois da inspeção de outros 3 centros prisionais também localizados em Manaus. Os tumultos levaram a apelos para a melhoria das condições nas prisões o que representa mais um desafio para o presidente Jair Bolsonaro, que prometeu por ordem no sistema prisional brasileiro.

O Brasil é o terceiro país do mundo com mais presos. Segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o sistema prisional abriga mais de 700 mil pessoas, o que representa aproximadamente o dobro da sua capacidade.