Última hora
This content is not available in your region

Pablo Iglesias desiste de fazer parte do governo espanhol

Pablo Iglesias desiste de fazer parte do governo espanhol
Direitos de autor
REUTERS/Rafael Marchante
Tamanho do texto Aa Aa

Pablo Iglesias sai de cena para abrir caminho a uma geringonça no governo espanhol. O Podemos quer fazer parte do executivo do PSOE e o sacrifício do líder é encarado como o derradeiro compromisso do movimento, abrindo porta a que sejam satisfeitas todas as restantes reivindicações.

Numa mensagem divulgada nas redes sociais, Pablo Iglésias diz retirar-se porque o PSOE considerava-o o "único obstáculo" a "um governo de coligação de esquerdas que assuma que os direitos sociais têm de ser o centro político da governação". O líder do Podemos não quer "ser a desculpa" para que tal não aconteça.

Pedro Sanchez tem agora uma nova realidade para enfrentar. O lider socialista já veio dizer que não aceita imposições sobre a composição do governo.

O Unidos Podemos quer ter uma representantividade proporcional ao número de votos. A confirmar-se, teria 5 ministérios no universo de 17 atualmente existentes.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.