Última hora
This content is not available in your region

Jovens de todo o mundo manifestam-se pelo clima

euronews_icons_loading
Jovens de todo o mundo manifestam-se pelo clima
Direitos de autor
REUTERS/Kate Munsch
Tamanho do texto Aa Aa

Em uníssono em nome de um verdadeiro compromisso contra as alterações climáticas, milhões de jovens encheram as ruas de cidades em todo o mundo. Juntaram-se ao protesto massivo, liderado pela ativista ambiental sueca Greta Thunberg. E lembraram os políticos, tal como o rosto da campanha internacional, que não existe planeta B.

"Os olhos do mundo estarão neles. Os políticos têm uma oportunidade de provar que também estão unidos com a ciência. Têm a oportunidade de liderar para mostrar que nos ouvem. Acreditam que nos ouvem? Vamos fazê-los ouvir-nos", apelou a ativista ambiental sueca.

Os manifestantes fizeram-se ouvir nos quatro cantos do mundo na contagem decrescente para a Cimeira Internacional sobre o Clima da ONU.

Foi assim no Brasil, onde a desflorestação da floresta amazónica avança a um ritmo assustador, ou em Reiquiavique, a capital da Islândia, onde é notória uma profunda preocupação com o derretimento dos lençóis de gelo da Gronelândia.

Portugal juntou-se ao movimento global e participa até 27 de setembro na Semana Global pelo Clima.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.