Última hora

Microsoft bate Amazon na corrida ao Pentágono

Microsoft bate Amazon na corrida ao Pentágono
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

9 mil milhões de euros, é o valor do contrato que o Pentágono atribuiu à Microsoft para armazenamento de dados on-line.

O contrato de 10 anos da Joint Enterprise Defense Infrastructure (JEDI) , para o qual a Amazon era apontada como favorita, visa modernizar a totalidade dos sistemas informáticos das Forças Armadas dos Estados Unidos da América para um sistema gerido pela inteligência artificial.

Para facilitar a implantação de uma nova arquitetura de armazenamento, o Pentágono decidiu atribuí-la a um único fornecedor, em vez de dividi-la em vários concursos.

A Amazon, que era a única concorrente da Microsoft no final do processo de seleção, disse estar "surpreendida com esta conclusão".

De recordar que o novo secretário de Defesa, Mark Hesper, foi escolhido pelo Presidente Donald Trump, que está com relações difíceis com a Amazon e o seu fundador Jeff Bezos, que também é o proprietário do jornal Washington Post, alvo de críticas violentas de Trump.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.