Última hora

Polícia dispara à queima-roupa contra jovem em Hong Kong

Polícia dispara à queima-roupa contra jovem em Hong Kong
Direitos de autor
REUTERS/Thomas Peter
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Baleado à queima-roupa por um polícia. Um manifestante de Hong Kong foi alvejado e ficou ferido, vítima de um disparo de um agente policial durante protestos que eclodiram na hora de ponta da antiga colónia britânica.

O manifestante foi transportado de urgência para um hospital e submetido a uma cirurgia. O jovem de 21 anos estará em estado crítico.

É a terceira vez que a polícia alveja um civil com munições reais desde que a onda de protestos começou em junho.

Os confrontos da manhã desta segunda-feira começaram quando os manifestantes tentaram bloquear um importante cruzamento na região nordeste da ilha.

Os contestatários bloquearam ruas e originaram longos engarrafamentos. Linhas de comboio e do metropolitano sofreram perturbações.

Recorde-se que os protestos foram despoletados pelo projeto-lei que permite a extradição de suspeitos de crimes para a China continental, plano que os manifestantes receiam ser um golpe na liberdade excecional de que Hong Kong beneficia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.