Última hora

Luta contra o tempo na Albânia à procura de sobreviventes

Luta contra o tempo na Albânia à procura de sobreviventes
Tamanho do texto Aa Aa
Foi decretado o luto nacional na Albânia em memória das vítimas do sismo

A destruição causada pelo sismo na Albânia impõe-se na paisagem urbana das cidades mais afetadas. As equipas de busca e resgate trabalham sem parar. Esta quarta-feira encontraram mais três corpos sem vida debaixo dos escombros. O balanço de vítimas está agora em 25 mortos e mais de 600 feridos.

O sismo teve uma magnitude de 6,4 graus na escala de richter. Seguiram-se 250 réplicas. Algumas com forte intensidade. As operações de busca concentram-se ainda na procura de sobreviventes.

Milhares de pessoas ficaram desalojadas e passaram a noite em tendas montadas pelo exército. Alguns têm receio de voltar a casa, mesmo os que sabem que as estruturas não têm danos visíveis.

A ajuda internacional já começou a chegar. Vários países enviaram equipas especializadas em busca e salvamento em cenários de catástrofe. As operações fazem-se agora não só com apoio de cães, mas também com o auxílio de drones, que permitem visualizar áreas onde ainda é impossível chegar por falta de acesso ou segurança.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.