EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Mais de 1200 mortos nos EUA em 24 horas

Mais de 1200 mortos nos EUA em 24 horas
Direitos de autor Mary Altaffer/Associated Press
Direitos de autor Mary Altaffer/Associated Press
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

País é o novo centro da epidemia de Covid-19. Trump diz que "o pior está por vir".

PUBLICIDADE

Mais de 1200 pessoas morreram, só durante o dia de sábado, nos Estados Unidos, vítimas da Covid-19. O país é, cada vez mais, o maior foco de infeção. As mortes nos EUA representaram cerca de um quinto das ocorridas em todo o mundo ao longo do dia. Mais de 8400 pessoas já morreram.

Foram anunciados 34 mil novos casos de infeção, o que eleva o total para mais de 311 mil casos positivos.

O Estado de Nova Iorque continua a ser o mais afetado, com mais de 3500 mortes - 630 só durante o dia de sábado.

O presidente Donald Trump avisa que o pior está para vir: "Vamos continuar com as medidas que temos vindo a aplicar. Esta semana vai ser, provavelmente, a mais difícil - entre esta semana e a próxima. Vai haver muitas mortes, infelizmente. Mas menos do que haveria se nada fosse feito".

euronews

No meio das más notícias, há também sinais de esperança. No Ochsner Medical Center de Nova Orleães, o caminho que liga o estacionamento dos funcionários à entrada principal foi coberto com mensagens de encorajamento, pintadas a giz, dirigidas aos médicos e enfermeiros. Este hospital, um dos principais da cidade, foi convertido para acolher exclusivamente pacientes de Covid-19.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nova Iorque adapta espaços para as vítimas da covid-19

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"