Última hora
This content is not available in your region

Números da Covid-19 estáveis na Europa

euronews_icons_loading
Números da Covid-19 estáveis na Europa
Direitos de autor  Bob Edme/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

França

Com o país em fase de desconfinamento, os números da Covid-19 em França apontam para uma estabilização, mas a situação nos lares de idosos é preocupante.

Os dados das últimas 24 horas dão conta de 483 novas mortes causadas pela doença, sendo que a grande maioria desses óbitos ocorreu nas casas de repouso para a terceira idade, depois de uma revisão em alta dos números. O país perdeu mais de 28 mil pessoas por culpa da pandemia, das quais mais de 10600 morreram nos lares.

Com as regras para sair de casa menos apertadas, muitos aproveitaram o fim de semana soalheiro para sair.

Reino Unido

No Reino Unido, onde o sentimento predominante é o de reconhecimento e solidariedade para com o Serviço Nacional de Saúde, o NHS, com homenagens diárias, a epidemia parece agora também mais controlada. Segundo os mais recentes números, 170 pessoas morreram nos hospitais, nos lares ou em casa nas últimas 24 horas, vítimas de Covid-19. Foi o aumento diário mais baixo dos últimos dois meses. Com 34 mil mortes, o Reino Unido é o país europeu onde a doença mais matou até agora.

Itália

Em Itália, primeiro país da Europa a sofrer efeitos graves da pandemia, a boa notícia é que o número de novos casos é o mais pequeno desde o início da quarentena - 675. Nas últimas 24 horas morreram 145 pessoas no país, para um total de mais de 31900.

Portugal registou 15 novas mortes e 226 novas infeções, números em linha com os valores dos últimos dias, que apontam para um enfraquecimento da epidemia.