EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Afeganistão liberta 400 talibãs

Afeganistão liberta 400 talibãs
Direitos de autor Rahmat Gul/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Rahmat Gul/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved.
De  Catarina Santana
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Conselho afegão de ansiãos decidiu libertar fundamentalistas islâmicos com a contrapartida de começarem as negociações de paz e o cessar-fogo imediatamente,

PUBLICIDADE

O Afeganistão decidiu libertar 400 talibãs A decisão foi tomada, este domingo, pelo conselho de anciãos do país, com vista a abrir caminho às negociações de paz entre os afegãos e as forças beligerantes.

O organismo, composto por centenas de delegados, aceitou libertar os prisioneiros com a contrapartida de um diálogo e cessar-fogo imediatos.

Para o presidente afegão, Ashraf Ghani, "a escolha está agora do lado dos Talibãs (...) que não devem ter medo de um cessar-fogo total, nem de criar melhores serviços para as pessoas em todo o país".

Sem data definida, prevê-se que o diálogo entre Cabul e o movimento fundamentalista islâmico comece já na próxima semana e que decorra no Qatar, onde os talibãs têm uma sede política.

As negociações tinham já sido estabelecidas em fevereiro, aquando da assinatura de um acordo de paz entre os Estados Unidos e os talibãs. O documento exige que o governo afegão liberte cinco mil rebeldes e que os fundamentalistas soltem mil agentes de forças de segurança.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Jornalista afegã e condutor mortos a tiro

Três turistas espanhóis mortos a tiro no Afeganistão

Novos ataques aéreos israelitas em Gaza fazem pelo menos 100 mortos