Última hora
This content is not available in your region

Macron denuncia "tentativa de assassinato" de Navalny

euronews_icons_loading
Macron denuncia "tentativa de assassinato" de Navalny
Direitos de autor  Misha Japaridze/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Emmanuel Macron denunciou a "tentativa de assassinato" de Alexei Navalny. Esta segunda-feira, o presidente francês pediu ao homólogo russo esclarecimentos, sem demora, sobre "as circunstâncias e responsabilidades" referentes a este caso.

O diagnóstico de Berlim sobre Alexei Navalny foi, entretanto, ratificado. De acordo com um porta-voz do governo alemão, laboratórios especiais de França e da Suécia confirmaram a presença de uma substância do tipo "Novichok", o agente nervoso encontrado em amostras colhidas do organismo do líder da oposição russa. O executivo germânico acrescenta que a Organização para a Proibição de Armas Químicas foi acionada para analisar as amostras de Navalny.

Moscovo nega as denúncias de envenenamento avançadas no início de setembro. Pediu às autoridades alemãs o envio de dados médicos sobre Navalny, mas Berlim fala em "segredo de Estado" e recusa transferir quaisquer documentos.

Navalny esteve em coma induzido depois de se ter sentido mal durante um voo entre Tomsk e Moscovo, no final de agosto. Na sequência de uma aterragem de emergência foi socorrido na cidade siberiana de Omsk, antes de ser transferido para a Alemanha, a pedido da família.

A sombra de Navalny pairou sobre as eleições deste domingo para eleger representantes nas assembleias regionais ou municipais e quatro deputados para o Parlamento nacional.

Aliados de Navalny reclamaram vitórias simbólicas de Sergei Boiko em Novosibirsk, a terceira maior cidade do país, e em Tomsk, com a conquista de duas cadeiras no conselho municipal.

A popularidade do partido de Vladimir Putin, que fala numa vitória esmagadora, demonstra sinais de erosão, a um ano de eleições legislativas. Os resultados oficiais do escrutínio, marcado por irregularidades de acordo com observadores independentes, são conhecidos esta segunda-feira.