Guerra aberta em Nagorno-Karabakh

Guerra aberta em Nagorno-Karabakh
Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Azerbaijão clama a tomada de controlo de várias povoações do enclave de Nagorno-Karabakh, a Arménia diz ter abatido milhares de militares.

PUBLICIDADE

A principal cidade do enclave de Nagorno-Karabakh permanece assediada pela artilharia do Azerbaijão. Na alvorada deste domingo sentiram-se várias explosões naquela que as forças da autoproclamada região independente pró-Arménia consideram a sua capital e que chamam de Stepankert e que os azeris apelidam de Khandendi.

Estas imagens difundidas pelo exército Azeri e cujo conteúdo não pode ser verificado serão alegadamente da operação do que o Azerbaijão diz ser tomada de controlo de uma de várias povoações do enclave.

Na resposta, o ministério da Defesa arménio diz que pelo menos 2300 militares Azeris foram já abatidos, incluindo 4 centenas esta noite, e três aviões forma destruídos. O território do Azerbaijão também terá sido atingido por "rockets".

Baku não reagiu às alegações.

A maioria dos dados carece de confirmação por parte de fontes independentes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Situação "inaceitável" em Nagorno-Karabah

Arménia admite hipótese de cessar-fogo

Rússia e Turquia falaram sobre conflito em Nagorno-Karabakh