Última hora
This content is not available in your region

Republicanos e Democratas reclamam vitória no debate dos "vices"

euronews_icons_loading
Republicanos e Democratas reclamam vitória no debate dos "vices"
Direitos de autor  Patrick Semansky/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Republicanos e Democratas reclamam vitória no chamado debate dos vice-presidentes. Com a memória fresca do pouco edificante confronto entre os candidatos à presidência dos Estados Unidos, na semana passada, Mike Pence e Kamala Harris devolveram o significado à palavra debate.

A pandemia foi o tema que mais extremou posições. Nas palavras da número dois de Joe Biden, "o povo americano testemunhou o que representa o grande falhanço de qualquer administração presidencial". Kamala Harris pôs os números da Covid-19 em cima da mesa: 210 mil mortos e mais de 7 milhões de infetados.

O atual vice-presidente respondeu, como se esperava, em defesa de Donald Trump. Garantiu que "desde o primeiro dia" o presidente "pôs a saúde do povo americano primeiro". Prova disso, afirma, foi a "suspensão de todas as viagens da China, a segunda maior economia do mundo," quando ainda só existiam cinco casos da doença".

Morry Gash/AP
A Covid-19 impôs-se até no cenário. Os dois candidatos estavam separados por placas de acrílico transparenteMorry Gash/AP

Durante 90 minutos, houve tempo ainda para esgrimir argumentos, apontar o dedo or driblar posições difíceis.

Pence, por exemplo, recusou responder diretamente à questão sobre uma possível derrota eleitoral. Kamala Harris não esclareceu o que está previsto para o Supremo Tribunal, depois da recente nomeação da ultra-conservadora Amy Coney Barrett como juíza.

Quando o debate tocou as questões raciais, Mike Pence quis frisar que quando Biden diz que as autoridades são tendenciosas contra as minorias está a fazer está a insultar os profissionais das forças de segurança. O final da resposta perdeu-se do público. Uma mosca que pousou no cabelo de Pence roubou as atenções. Esteve pousada mais de dois minutos e numa hora originou mais de 400 mil mensagens nas redes sociais.

Patrick Semansky/AP
A mosca esteve pousada na cabeça de Mike Pence durante dois minutos e três segundos e dominou as conversas nas redes sociaisPatrick Semansky/AP

Entre as milhares de mensagens, um tweet da conta oficial de Joe Biden.

Mostra o candidato democrata à presidência dos Estados Unidos com um mata-moscas na mão. No texto, uma frase que tanto pode ser traduzida como "enviem 5 dólares para ajudar esta campanha voar" como "enviem 5 dólares para ajudar esta mosca da campanha". A foto não é nova e já foi utilizada anteriormente com uma legenda diferente, mas ganhou um novo sentido deoportunidade com este debate.