Última hora
This content is not available in your region

Príncipe Carlos em Berlim

euronews_icons_loading
Príncipe Carlos em Berlim
Direitos de autor  Odd Andersen/AP
Tamanho do texto Aa Aa

O príncipe Carlos e o presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier, lembraram, juntos, as vítimas da guerra e da violência por ocasião Dia Nacional do Luto que este ano decorreu em memória das vítimas do nazismo e dos mortos resultantes da das guerras mundiais.

Durante o seu discurso no parlamento germânico o herdeiro do trono britânico falou dos fortes laços que unem os dois países.

Em alemão, Carlos explicou que "não era tão invulgar, quanto hoje possa parecer, que no início da Primeira Guerra Mundial quatro membros do governo britânico tivessem estudado em universidades alemãs". E que "surpreendentemente, no pós guerra, estudantes britânicos tenham voltado para a Alemanha para experimentar a cultura alemã".

Para o filho mais velho de Isabel II as sementes da reconciliação foram crescendo nos 75 anos que passaram desde o fim da Segunda Guerra Mundial mas que é preciso permanecer-se vigilante contra todas as ameaças. Sobre a relação entre os dois países frisou que Reino Unido e Alemanha serão sempre amigos, parceiros e aliados.

Já a Alemanha ofereceu a Carlos, durante a cerimónia no Bundestag o Hino da Alegria, que é hoje o da União Europeia.