Última hora
This content is not available in your region

Viatura armadilhada faz quase 50 feridos na Colômbia

euronews_icons_loading
Viatura armadilhada faz quase 50 feridos na Colômbia
Direitos de autor  Juan Bautista Diaz/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Colômbia acusou uma fação dissidente das FARC de ser responsável pela explosão de uma viatura armadilhada em frente à câmara da cidade de Corinto, nos arredores de Cali. O atentado fez 43 feridos na sexta-feira.

Ivan Duque visitou o local do ataque. "Os cobardes usam sempre o terrorismo com arma para instigar o medo e influenciar a comunidade. Nós sabemos que os bandidos da Coluna Móvel de Dagoberto Ramo estão por detrás do ataque, bandidos de grupos dissidentes que estamos a enfrentar e continuaremos onde quer que eles estejam", declarou.

O governo ofereceu 46 mil euros por informações relevantes que permitam deter dissidentes conhecidos como "Cejas" e "David".

Corinto conta com 30 mil pessoas e sempre foi considerado um ponto de conflito entre as forças armadas e os grupos rebeldes que traficam cocaína e se escondem nos Andes. Mas desde 2011 que não havia registo de atentados à bomba.