Última hora
Advertising
This content is not available in your region

Morreu o "Ogre das Ardennes"

euronews_icons_loading
Morreu o "Ogre das Ardennes"
Direitos de autor  MICHEL SPINGLER/AP2008
Tamanho do texto Aa Aa

Michel Fourniret, que era um dos mais conhecidos assassinos em série da Europa, morreu esta segunda-feira, aos 79 anos.

Conhecido como "o Ogre das Ardennes", o criminoso francês sofria de problemas cardíacos e Alzheimer e encontrava-se hospitalizado, num coma induzido e num estado que os médicos consideravam como "não ressuscitável".

Segundo o jornal Le Parisien, tinha sido lançado um protocolo de acompanhamento de fim de vida.

Condenado a duas penas de prisão perpétua pelo assassinato de oito pessoas, Fourniret tinha finalmente admitido em 2020 a responsabilidade no desaparecimento da pequena Estelle Mouzin, em 2003.

Mas o corpo da menina de 9 anos nunca foi encontrado, apesar de novas excavações recentes em algumas das antigas propriedades do assassino. Vários dos casos com os quais Fourniret é vinculado continuam por resolver.