Última hora
This content is not available in your region

Rússia arrasta conflito do leste ucraniano para o futebol

euronews_icons_loading
Rússia arrasta conflito do leste ucraniano para o futebol
Direitos de autor  AP/PRESIDENT OF UKRAINIAN ASSOCIATION OF FOOTBALL ANDRII PAVELKO VIA FACEBOOK
Tamanho do texto Aa Aa

A UEFA quer removido um lema da Ucrânia na camisola oficial do campeonato da Europa de futebol que começa esta sexta-feira. A imposição surge depois dos protestos da Rússia que considera "Gloria aos Heróis" uma mensagem política associada aos ultranacionalistas.

Mas a autoridade máxima do futebol europeu não fez qualquer referência quanto ao mapa que inclui a Crimeia, território ucraniano anexado em 2014 por Moscovo e que não é reconhecido como russo pela comunidade internacional.

Dias antes, o selecionador ucraniano confirmava que tudo estava conforme. "Provavelmente tem algumas informações erradas sobre isto, no que diz respeito à 'controvérsia'. Este uniforme foi aprovado pela UEFA. Por isso, não vejo aqui qualquer controvérsia", declarou Andriy Shevchenko.

A Ucrânia diz ser um símbolo nacional, mesmo o Presidente reagiu com uma selfie com a camisola.

As Nações Unidas estimam que o conflito no leste ucraniano provocou cerca de 13 mil mortos.